Reprodução

REUTERS/José Roberto Gomes

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), e agora primeiro secretário, Eduardo Botelho (DEM), expôs sua posição diante da proposta de se começar um plantio de soja no Pantanal, o deputado afirmou ser contrário. Ele defendeu a implantação do zoneamento que se faz necessário, para definir os locais e quais áreas terão eficácia no plantio sem degradar o meio ambiente.

Produtores do agronegócio vem defendendo a ideia de plantio de soja no Pantanal, feito que o parlamentar não concorda “Não sou a favor, nós temos que delimitar algumas áreas, o uso de fertilizantes é muito grande e isso se espalha pelo ar e vai ter problema pro meio ambiente”, explicou Botelho.

Além disso, o parlamentar explicou que um zoneamento nada mais é do que uma demarcação de áreas, que podem ser exploradas e defendeu a proposta.

“Eu defendo que a gente refaça essa decisão, nós temos que resolver isso, essa questão do zoneamento é uma questão que já vem há tanto tempo e não se chega a uma conclusão, se existem pontos que precisam de correção, faremos essas correções, tocar para frente, com certeza acho que agora será implementado”, disse o parlamentar.