Como forma de protesto ao decreto do Governo do Estado e à decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT),  que determinou que as cidades classificadas com risco muito alto de contágio pelo coronavírus, incluindo Cuiabá e Várzea Grande, adotem a quarentena coletiva, a Abrasel-MT (Associação Brasileira dos Bares e Restaurantes em Mato Grosso) promove uma carreata na tarde desta quarta-feira (31), às 15h, com concentração na Praça do Choppão e destino ao Ministério Público e Palácio do Governo.

A carreata em favor da vida dos trabalhadores sai em defesa do setor de alimentação fora do lar, dos pequenos negócios com atendimento exclusivamente noturno, que se encontram há mais de 30 dias fechados, sofrendo com a falta de competência do Poder Público na condução da pandemia em Mato Grosso.

Como alternativa a associação pede um rigoroso olhar para as festas clandestinas com intensa fiscalização, consumo no local até as 22h, fim da restrição de bebidas alcoólicas e declara que os estabelecimentos querem trabalhar com responsabilidade.

A Abrasel-MT orienta os participantes que cuidem de si e do próximo, seguindo todas as medidas de biossegurança durante a manifestação (utilização de máscara de proteção facial, distanciamento entre as pessoas).

console.log(‘Aud01’);