Em Mato Grosso, a chuva e as más condições das estradas estão criando uma verdadeira fila de caminhões na região Norte do Araguaia.

Ao tentar passar por atoleiros na rodovia estadual MT-322, perto do distrito de Espigão do Leste, alguns caminhões quebram e a fila só aumenta.

Essa situação já dura pelo menos 10 dias e esses atoleiros podem comprometer o escoamento da safra de soja, já que a região tem aproximadamente 400 mil hectares de lavoura

A soja que sai dali é escoada pelos portos do Pará com destino aos mercados internacionais.

Uma associação de produtores rurais alugou máquinas pra ajudar a desatolar caminhões, melhorar a situação da rodovia, onde tem chovido muito nos últimos dias.

A Secretaria de Infraestrutura do Estado informou que tem equipe no local tentando ajudar a liberar o acesso, mas as chuvas têm dificultado e informou ainda que já existe um processo licitatório em andamento para asfaltar cerca de 70 km de outra rodovia estadual, a MT-109, que seria uma alternativa de rota para o escoamento de soja nessa região.