CHICO FERREIRA

Corpo do deputado estadual Silvio Fávero (PSL) será sepultado no município de Lucas do Rio Verde (332 km de Cuiabá), na manhã do próximo domingo (13).

De acordo com a assessoria de imprensa da Assembleia Legislativa, apesar de não ser realizado velório – em razão da morte do deputado ser pelo novo coronavírus -, haverá um cortejo para homenageá-lo.

O cortejo sairá de Cuiabá para Lucas, às 4h, com previsão de chegada até às 9h. O corpo será enterrado no Cemitério Jardim da Paz.

Silvio Fávero faleceu nesta tarde de sábado (13), por complicações da covid-19, aos 54 anos. Ele estava internado no Hospital Amecor, em Cuiabá, há aproximadamente uma semana.

Silvio Antonio Fávero era natural de Umuarama-PR, nasceu em 31 de agosto de 1966. Casado, pai de três filhos, filho do saudoso Seo Sebastião e de Dona Angélica, advogado, empresário, produtor rural, ex vice perfeito de Lucas do Rio Verde e, atualmente estava exercendo o primeiro mandato como deputado estadual.

Incentivado pelo pai Sebastião, chegou em Mato Grosso em 1990, um dos primeiros advogados de Lucas do Rio Verde – considerado o defensor público com mais ações gratuitas na região.

Em Lucas do Rio Verde fez história junto ao Rotary, inclusive foi um dos fundadores: Lions de Visão, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e Lar do Idoso. Ajudou na implantação da Comarca do Fórum de Lucas, na instalação da OAB, ocupando inclusive o cargo de vice-presidente da comissão de meio ambiente.

Em 2016, foi eleito vice-prefeito da cidade de Lucas, com forte atuação a favor do desenvolvimento municipal, sendo projetado e estimulado popularmente ao cargo de deputado estadual. Foi eleito para o seu primeiro mandato parlamentar em 2018, como deputado estadual.