Com a centralização da vacinação à população cuiabana contra a Covid-19, inicialmente realizada somente no Centro de Eventos Pantanal, fez com que o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) encaminhasse ofício ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), no início deste mês, para providenciar novos locais a fim de acelerar o processo de imunização, em modelo drive thru.

De acordo com a estatística nacional, Mato Grosso apresenta o menor índice de pessoas imunizadas em relação aos outros estados brasileiros.

“Um único polo, só gera aglomerações, filas e gasto de tempo na espera e desconfortos, principalmente para idosos. É importante seguir exemplos que estão dando certo, como Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul que já vacinaram mais de 14% da população e, infelizmente, Mato Grosso, vacinou cerca de 8%”, frisa o parlamentar.

Polos

No documento, Claudinei solicita ao gestor municipal para que sejam providenciados novos polos para dar agilidade na vacinação, pois vai garantir maior segurança ao público quanto ao risco de contágio da Covid-19 e rapidez no atendimento à população. “Encaminhamos o ofício, no dia 1° de abril, e já tivemos um retorno positivo com a abertura de mais polos, em Cuiabá. Agora, esperamos reverter essa situação e os cuiabanos possam ser imunizados de forma mais rápida”, comenta.

Além do Centro de Eventos Pantanal, a população está sendo vacinada nas sedes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Sesi Papa e Sesc Balneário. Já o quinto polo será no estacionamento da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), nos próximos dias, que vai reforçar os trabalhos de imunização, sendo confirmado pelo presidente Max Russi (PSB), no dia 12 de abril.

Russi também informou que a Casa de Leis vai colaborar com mais duas áreas centrais para atendimento à população de Várzea Grande que estão localizadas no Parque Bernado Berneck e Marajoara.

Vacinas – O estado de Mato Grosso recebe lotes de vacinas da Coronavac e AstraZeneca. Em Cuiabá, já foram recebidas o total de 137.672 doses, sendo que já foram aplicadas 81% da 1º dose e 41% da 2º para a população cuiabana.

console.log(‘Aud01’);