Micaelly Larissa Ignatz Macedo, de apenas 23 anos, não resistiu às complicações oriundas da Covid-19 e faleceu nesta quinta-feira (29). A jovem que estava internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em um hospital particular de Cuiabá, era estudante de jornalismo do 3º semestre pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

A coordenação do curso de jornalismo da instituição lamentou, em nota, a morte da jovem.

“Esta Coordenação, em nome do curso de Jornalismo, sensibiliza-se com o ocorrido e abraça docentes, amigas/os, colegas e familiares da Micaelly, em sinal de consternação”, escreveram.

Nas redes sociais familiares da jovem chegaram a pedir correntes de oração para ajudar a Micaelly a sair da UTI. Segundo eles, a estudante vinha se cuidando rigorosamente contra o vírus.

“Eu sei, meu amor, o tanto que você se cuida, o tanto que você faz tudo certo. Mesmo assim esse vírus conseguiu te atingir, que agonia, que sofrimento”, escreveu sua irmã.

console.log(‘Aud01’);