FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O Governo de Mato Grosso lamentou a morte do deputado estadual Silvio Favero neste sábado (13.03), aos 54 anos, por complicações da Covid-19. O governador Mauro Mendes irá decretar luto oficial de três dias, que será publicado no Diário Oficial do Estado.

Favero estava internado em uma UTI de um hospital particular em Cuiabá.

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes externaram condolências e desejaram que a família e amigos possam superar a perda com a força de Deus.

“Favero deixou sua marca na história de Mato Grosso, lutando por aquilo que acreditava ser o certo. Um companheiro do Estado na busca das melhores condições para os mato-grossenses. Eu e minha esposa desejamos força neste momento de luto à toda família e que Deus possa abençoa-lo e recebe-lo de braços abertos”, afirmaram.

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, lembrou que o deputado era bastante atuante e sempre buscava o apoio do Executivo para seus projetos. “Uma perda, com certeza, para todo Mato Grosso. Favero foi um companheiro e também sempre apoiou os projetos do governo em busca do melhor para a população. Estou em oração pela família e amigos”.

Mauro Carvalho destacou as ações e bandeiras do deputado como a expansão das escolas militares, melhoria das condições de trabalho dos policiais e de prestação dos serviços públicos com mais eficiência.

“Foi dele, por exemplo, a iniciativa para o parcelamento dos débitos em até 12 vezes no cartão de crédito, das dívidas dos contribuintes no Detran”, lembrou o secretário, acrescentando que Mato Grosso perde um grande político que trabalhava pelo bem da população. “É um momento de dor”, ressaltou.

O parlamentar estava em seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa e já tinha sido vice-prefeito em Lucas do Rio Verde. Favero deixa esposa e três filhos.