O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), Guilherme Maluf, negou o pedido de aposentadoria do conselheiro afastado Waldir Teis.

No despacho Guilherme justificou a negativa apontando que faltavam documentos exigidos pelo Manual de Triagem do TCE. O requerimento de aposentadoria foi protocolado em dezembro de 2020.

De acordo com a Secretaria Executiva de Gestão de Pessoas, Teis pediu aposentadoria integral, mas os documentos apresentados não preenchem os requisitos para a concessão.

console.log(‘Aud01’);