A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou na manhã desta segunda-feira (19), durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), que pretende com outros parlamentares cobrar explicações do governador Mauro Mendes (DEM), após a compra sem licitação de um jatinho no valor de R$ 8,4 milhões.

De acordo com a deputada, o Legislativo pretende saber o por que da compra durante a pandemia. “Nesse momento é ruim pra uma aquisição como essa. A não ser que esse vem pra atender casos de saúde, carregar vacina, nesse momento pelo menos durante a pandemia”, disse ela.

A parlamentar também diz que quer saber exatamente qual foi o valor que o governo do Estado injetou na compra, já que segundo o próprio governo do Estado, cerca de R$ 7.7 milhões vieram do Poder Judiciário, através de recursos recuperados da corrupção.  “Me disseram que a parte do governo é de R$ 150 mil do governo, mas não tenho certeza. Vou fazer uma cobrança até para o governo enviar pra Assembleia”, justifica.

“[O governo]Está alegando uma economia muito grande com relação aos aviões alugados, fretados para atender o governo e o Poder Judiciário”, completa.

MODELO

A compra ocorreu neste mês e a aeronave CESSNA, modelo Citation Bravo C550, prefixo N100RJ, seminova, estará a disposição do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).  Como justificativa, o Estado alega que a aeronave atenderá o Estado e o Poder Judiciário.

No caso do Estado, poderá transportar presos e agentes das Forças de Segurança do Estado para atender alguma demanda em outras cidades de Mato Grosso.

A compra chamou atenção e ganhou repercussão nacional, já que foi feita sem processo licitatório e no momento em que a pandemia da covid-19 vem aumentando o número de vítimas no Estado e no Brasil.

console.log(‘Aud01’);