Christiano Antonucci | Secom-MT

O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, disponibilizará a partir desta quarta-feira (10.02) 10 novos leitos de Terapia Intensiva para o tratamento da Covid-19 em Mato Grosso.

A unidade hospitalar atua como a principal referência estadual para o atendimento de pacientes com coronavírus e tem 100% da sua atividade destinada ao atendimento de demandas causadas pela Covid-19.

Com essa ampliação, o hospital passará a contar com o total de 80 leitos de UTI e 178 leitos de enfermaria para o tratamento da doença.

A ampliação é uma das ações do Governo do Estado no combate à pandemia. De acordo com o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, a gestão estadual envida esforços para ampliar a rede assistencial e garantir o atendimento hospitalar à população mato-grossense.

“Nesta semana disponibilizamos 10 novos leitos de UTI no Hospital Estadual Santa Casa e estivemos com o governador Mauro Mendes em Primavera do Leste inaugurando mais 10 leitos de Terapia Intensiva em parceria com a Prefeitura. Hoje entregamos mais 10 leitos de UTI no Hospital Metropolitano. Isso vai compor 30 novos leitos só nesta semana”, declarou Figueiredo.

O gestor ainda enfatizou que a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) estuda a ampliação de leitos em Cáceres, Rondonópolis, Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Alta Floresta. “Essas ampliações são necessárias para que possamos ficar numa situação menos desconfortável e ter leitos de UTI suficientes para caso haja o agravamento da pandemia”, disse.

Na última terça-feira (09.02), Mato Grosso registrou 73,6% de ocupação das UTIs públicas referenciadas para o tratamento da Covid-19. Pelo Sistema Único de Saúde (SUS), restam 108 leitos de Terapia Intensiva disponíveis em todo o Estado; as vagas são exclusivas para o atendimento de pacientes com novo coronavírus.