A prefeitura de Jaciara, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, recebeu mil cartões do programa ‘Ser Família Emergencial, na tarde desta segunda-feira (3), no Centro de Eventos. A cidade é a quinta, dos 141 municípios, a receber os cartões no valor de R$ 150 reais, durante cinco meses, a partir deste mês de maio de 2021. O crédito, conforme a primeira-dama de Mato grosso, Virgínia Mendes, será disponibilizado neste sábado (8), data que antecede o dia das mães.

“Uma mãe e um pai suportam tudo, menos ver um filho passar fome. E aqui em Mato Grosso temos muita gente nessa situação. E hoje estamos realizando a entrega desses cartões, que já serão creditados no sábado, um dia antes do dia das mães, para tentar aliviar um pouco do sofrimento dessas famílias que devido a pandemia, também tiveram sua renda comprometida”, destacou Virgínia.

O benefício é concedido por meio de uma parceria entre Governo do Estado e Assembleia Legislativa, que somados totalizam R$ 75 milhões em investimentos. “É uma alegria estar aqui em Jaciara, novamente, para dar mais uma boa notícia. São mil cartões em Jaciara, o que representa mil famílias beneficiadas no nosso município. Nosso muito obrigado a primeira-dama, Virgínia, governador Mauro Mendes, por olhar com carinho para nossa população jaciarense, que tanto precisa de ajuda neste momento pandêmico”, considerou o presidente da Assembleia, deputado Max Russi (PSB).

O parlamentar ainda destacou que, a união entre Executivo e Legislativo tem sido fundamental, para a prática das políticas públicas sociais. “São 141 municípios, com famílias que estão precisando muito de auxílio financeiro. Essa é a união entre estado, Assembleia, olhar social da primeira-dama Virgínia Mendes e toda a equipe da Assistência Social. Essas famílias, recebendo esse auxílio, alegra o nosso coração. Precisamos fazer mais, olhar pelo social e continuar lutando por essas famílias, com o olhar diferenciado pelo social. Nós podemos sim, fazer a diferença”, finalizou.

A prefeita do município, Andreia Wagner (PSB), agradeceu pelos cartões e destacou o trabalho social que tem sido liderado pela primeira-dama, ao enfatizar que Jaciara tem realizado ações com o mesmo intuito, visando o bem comum que é ajudar o próximo. “É um trabalho magnífico e que devemos seguir o exemplo, e assim temos feito. Nós também abraçamos essa causa. Nosso foco é investir e trabalhar pelas pessoas. A gente está passando por um momento muito difícil, estamos visitando famílias, a minha filha Sophia é voluntária na Assistência Social e tem acompanhado isso muito de perto. E, essa atitude da primeira-dama de se preocupar com as pessoas nessa pandemia é uma atitude muito linda. Nossa gratidão a todos que de alguma forma tem ajudado nesse programa”, concluiu a gestora.

Para Bruna Lustosa, 28 anos, mãe de três meninas, o cartão chegou em um momento de muita dificuldade em sua casa. Com o esposo doente e as filhas pequenas, ela tem se desdobrado para garantir a comida na mesa, todos os dias.

“Tenho passado por uma dificuldade grande e esse cartão chegou em um momento de muita dificuldade. só tenho que agradecer a Deus, a dona Virgínia, dona Andreia e o deputado Max que tem estendido as mãos para nos ajudar”,
agradeceu Bruna.

Voluntariado – Filha do presidente da Casa de Leis, Max Russi e da prefeita de Jaciara, Andreia Wagner, Sophia Russi tem seguido os passos dos pais e realizado diversas ações às pessoas menos favorecidas, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, como voluntária, isto é, trabalho não remunerado. Durante o evento, ela também agradeceu a primeira-dama ao falar que se espelha em seu trabalho.

“O que a primeira-dama tem feito pelas famílias de baixa renda em Mato Grosso, não tem preço. Eu me espelho muito nela e quero fazer cada vez mais pelas famílias que precisam de ajuda neste momento tão difícil que o Brasil está enfrentando. Aqui em Jaciara, não medimos esforços para auxiliar as pessoas que nos procuram, porque fome não espera”, salientou Sophia.

Quem tem direito ao Ser Família Emergencial

O Ser Família Emergencial será concedido às famílias com renda mensal per capita de até R$ 89;

O auxílio abrangerá beneficiários em situação de pobreza e extrema pobreza, inscritos no Cadastro Único das Políticas Sociais Brasileiras do Ministério da Cidadania (CadÚnico), e também inscritos no Programa Bolsa Família;

Somente será permitida a concessão de um benefício por família;

Terão preferência na concessão do benefício, as famílias consideradas em estado de extrema pobreza;

O pagamento do benefício será feito preferencialmente à mulher;

console.log(‘Aud01’);