A Torcida Organizada Raça Cuiabana (TORC), emitiu uma nota de repúdio no final da tarde deste domingo (25), após os jogadores Jonathan Cafu e Osman, serem flagrados em uma conveniência de um posto de combustível da Capital ingerindo bebidas alcoólicas.

De acordo com a nota, o momento em que o clube e a sociedade vive é ‘inoportuno’, já que o rendimento do time é considerado abaixo do esperado, juntamente com outro ‘agravante’, a pandemia.

Fato curioso, já que a mesma torcida que se mostra indignada, é a que gerou várias aglomerações durante a reta final do Campeonato Brasileiro da série B de 2020. Momento esse em o Dourado conquistou o acesso a elite do futebol brasileiro.

A redação do Site Mato Grosso Mais, buscou contato com a assessoria do Cuiabá que preferiu não se pronunciar sobre o caso.

Veja a nota na integra.

COMUNICADO

A Torcida Organizada Raça Cuiabana acaba de receber uma informação que nós deixou indignados pela postura dos Jogadores CAFU E OSMAN, na final da tarde de hoje foram vistos em uma conveniência no posto de gasolina tomando cerveja.

Momento esse que é inoportuno, tanto pela covid-19 como pelo desenvolvimento do time.

Deixamos aqui nosso repúdio pelos jogadores e também deixamos avisados que terá protestos a respeito dessa situação.

Pedimos que a diretoria do Cuiabá tome providências sobre, pois eles expostos podem contrair o vírus e assim contaminar a equipe toda.

DESEMPENHO 

O Cuiabá venceu o Dom Bosco por 2 a 0, na manhã deste domingo (25), na Arena Pantanal, no primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Mato-grossense. Guilherme Pato e Josiel fizeram os gols do Dourado, ambos no segundo tempo.

Com o resultado, o Auriverde fica muito próximo de se garantir na semifinal. As duas equipes voltam a jogar nesta quarta-feira (28), novamente na Arena Pantanal, com o Cuiabá jogando por um simples empate.

console.log(‘Aud01’);