O  Governo Federal confirmou ainda na terça-feira (20), um total de 14.043.076 casos da Covid-19 no Brasil e 378.003 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.973.695 casos da Covid-19 no Brasil e 374.682 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Já a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (21.04), 347.815 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 9.296 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (73.829), Rondonópolis (25.927), Várzea Grande (22.827), Sinop (18.271), Sorriso (12.379), Tangará da Serra (11.551), Lucas do Rio Verde (11.097), Primavera do Leste (9.857), Cáceres (7.474) e Alta Floresta (6.570).

Mesmo diante de números tão preocupantes, uma parcela da população insiste em quebrar todos os protocolos de biossegurança e colocar em risco não só a própria saúde, como a vida de terceiros.
Em Rondonópolis casos de aglomerações já viraram rotina assim como também as ações punitivas desencadeadas.
Na madrugada desta quarta-feira ( 21), uma festa clandestina foi encerrada pela Polícia Militar no Jardim América.


A informação da polícia é de que no local, uma casa noturna, cerca de 100 pessoas se aglomeravam no consumo de bebidas alcoólicas e fazendo uso de Narguile, todas sem usar máscaras e descumprindo os decretos municipal e estadual referente ao enfrentamento da pandemia da Covid-19.
Ainda segundo informações da polícia, todos foram encaminhados para a delegacia de plantão e autuados, além da aplicação de multas individuais e contra o estabelecimento comercial.

 

console.log(‘Aud01’);