Mato Grosso Mais

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga, ressaltou que as medidas anunciadas pelo Governo do Estado são positivas, uma vez que salvarão vidas.

Ele frisou que atualmente é grande a quantidade de pessoas contaminadas pela Covid-19, e que estão na fila de espera por um leito de UTI.

Por outro lado, Fraga afirma que dentro do pacote anunciado, quando se refere a pagamento de dívidas anteriores (2016 a 2018), ele disse.

“Nós já estávamos cobrando o Governo do Estado o pagamento dessas dívidas, haja visto que o mesmo fechou o ano de 2020 com um superávit de mais de R$ 2 bilhões”, observou.

Com relação a instalação de leitos de UTI e de leitos clínicos, o presidente da AMM também frisou que a pedido do Governo, fez nos últimos dias um chamamento muito forte junto aos prefeitos.

“Principalmente daqueles municípios que tem condições de criarem novos leitos de UTI e leitos clínicos, para que eles fizessem parceria com o Estado, no sentido de superar este momento tão difícil, que estamos vivendo por conta da pandemia. As pessoas estão morrendo por falta de atendimento adequado, em função do colapso da saúde pública e também privada”, assinalou.