A produção experimental de óleo de palma, mais conhecido como óleo de dendê, é tema de uma pesquisa em Mato Grosso. A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Empraba) tenta entender como a produção se comporta na região norte do estado, além de incentivar os produtores.

Hoje o cultivo do óleo de dendê é predominante na região norte do país. Mas existem outras áreas que são aptas para o cultivo, a região norte do estado de Mato Grosso pode ser uma delas.

Esse é o tema de uma pesquisa desenvolvida pela Embrapa para avaliar como essa cultura se comporta no clima de Mato Grosso.

O dendê é o óleo com maior demanda mundial e supera inclusive, o óleo de soja. Mas no brasil é mais usado na alimentação.

A produção do fruto da palma acontece de 3 a 4 anos depois do plantio e dura até 25 anos se bem manejado.

Se a pesquisa da Embrapa apontar que o óleo de palma é realmente adaptável a nossa região, o resultado positivo não será apenas em termos agronômicos, mas também econômicos.