Depois de várias semanas classificada como de risco “muito alto” e “alto” para o contágio do novo coronavírus, Rondonópolis passou a ser considerada como sendo de risco “moderado”. É o que aponta o Boletim Informativo 429 que a Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou, nesta terça-feira (11), com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso.

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido em vários estágios, tais como: muito alto, alto, moderado e baixo. De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nos municípios. Os indicadores de classificação de risco são atualizados constantemente e os resultados são divulgados nos Boletins Informativos da SES.

“Essa reclassificação de risco, que é fruto das medidas adotadas para ampliar a abertura de novos leitos de UTIs, uma maior fiscalização do cumprimento de medidas de higiene e a crescente conscientização da população sobre a necessidade de se evitar aglomerações, é muito importante para que o município possa avançar nas flexibilizações das atividades”, comentou o Secretário Municipal de Saúde, Vinícius Amoroso.

Apesar da melhora na classificação do quadro da cidade em relação ao risco de contaminação, o secretário destacou que é importante que todos mantenham a vigília quanto aos protocolos de segurança para coibir a proliferação do novo coronavírus.

“Estamos em uma situação moderada, apresentando uma leve descendência. Porém, não podemos nos descuidar, já que a pandemia ainda não acabou. A população precisa continuar tendo essa sensibilidade de manter os cuidados, evitando aglomerações e usando os equipamentos de proteção, como a máscara”, alertou Vinícius.

console.log(‘Aud01’);