A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal de Mato Grosso (Sintap/MT), que representa servidores do Indea/MT e Intermat/MT, Rosimeire Ritter, recebeu a informação de que o governo de Mato Grosso forneceu álcool em gel com data de validade vencida para algumas unidades do Indea/MT. A denúncia foi feita por diversos servidores.
“Depois de muito cobrarmos o governo para que fosse fornecido o mínimo para prevenção da saúde dos servidores, como o álcool em gel, agora ele fornece o produto vencido. O que mais podemos esperar desta gestão?”, indagou Rosimeire.
De acordo com o Sintap/MT, fotos enviadas pelos servidores mostram embalagens que revelam que o vencimento dos produtos foi em 14 de outubro de 2020.A presidente do sindicato informou que irá encaminhar a denúncia para órgãos oficiais do Estado, através da sua assessoria jurídica, para que providências sejam tomadas sobre o assunto.

PRODUTO VENCIDO – Especialistas alertam que o álcool em gel pode ser responsável pelo desenvolvimento de outras bactérias, além de não funcionar como agente antisséptico, se produzido com insumos de má qualidade ou estiverem vencidos, podendo contribuir para que bactérias que estejam na pele ou na superfície se proliferem, causando o efeito contrário daquele esperado.

Assessoria de Imprensa – Sintap/MT

console.log(‘Aud01’);