A venda de combustíveis em Mato Grosso caiu 4,2% no primeiro bimestre se comparado com o mesmo período do ano passado. No total, foram vendidos 781 milhões de litros. Em janeiro o volume alcançou 351,2 milhões e ,em fevereiro, 429,8 milhões. No primeiro bimestre do ano passado, foram vendidos 821,5 milhões de litros.

O forte impacto nas vendas de combustíveis está diretamente ligado à pandemia do coronavírus que demanda isolamento social. O impacto só não foi maior devido à safra de grãos ter superado expectativas e é a principal responsável pelo consumo de diesel no período. Espera-se que os próximos meses tenham comportamento de recuperação no consumo, principalmente de gasolina e etanol.

Etanol

No bimestre foram vendidos 151,4 milhões de litros de etanol. Nos dois primeiros meses de 2020, foram 162,7 milhões, uma queda de 4,2%.

Gasolina

Com relação a gasolina, os dois meses somam 84,4 milhões de litros. Em 2020 foram vendidos 78 milhões, uma queda de 4,2%.

Óleo diesel

O produto mais consumido é óleo diesel, devido o uso na agricultura e no transporte de cargas, além dos postos. O consumo desse produto nos meses de janeiro e fevereiro foi de 545,1 milhões de litros. Em 2020, foram comercializados 580,7 milhões de litros. Neste caso a queda também ficou em 4,2%.

console.log(‘Aud01’);